Outubro Rosa - 6 Alimentos que Previnem o Câncer de Mama

Outubro é um mês cor de rosa! Outubro Rosa é um evento internacional que chama a atenção no Brasil e no mundo elaborado para alertar as mulheres dos riscos e da prevenção do câncer de mama.
Artistas brasileiros doam suas imagens para o outubro rosa e vários monumentos históricos são iluminados na cor rosa tudo isso para chamar sua atenção e incentivar você a fazer o autoexame e checar sua saúde periodicamente.



O câncer de mama é o câncer mais comum entre as mulheres de hoje. Mais de 1 milhão de mulheres em todo o mundo são diagnosticadas com este câncer a cada ano, principalmente na faixa etária de 50 anos ou mais.
Embora muitos fatores que vão além do nosso controle e contribuem para o risco, como idade e histórico familiar, sabem de algumas maneiras que podem reduzir o risco de câncer de mama.

Mulheres obesas correm mais risco de desenvolver câncer de mama e outras doenças.
Segundo a especialista em emagrecimento saudável Rosi Feliciano a reeducação alimentar é o caminho durável para o controle do peso e boa saúde.
Mesmo ao tentar emagrecer rápido devemos buscar métodos naturais, com boa nutrição e que possam nos colocar no caminho da reeducação alimentar, como o plano detox

Nutrição e Câncer de Mama
Nutrição oferece uma das maiores esperanças na luta contra o câncer da mama, de modo a seguir um papel proativo é algo que todas as mulheres devem fazer.
A pesquisa confirmou que uma e outra vez que certos alimentos e nutrientes podem ser encarados como fontes de medicina preventiva e uma das mais poderosas ferramentas para a prevenção de câncer de mama é o que você coloca em seu corpo.

Certos alimentos podem fazer o seu corpo mais saudável por impulsionar o seu sistema imunológico e ajudar a manter o seu risco em ter câncer de mama o mais baixo possível.
Alguns itens também ajudam a controlar os efeitos colaterais do tratamento e ajuda seu corpo a ficar bem após o tratamento.

Top alimentos para Prevenção e Combate ao Câncer:

1 - Fibra
Estudos continuam confirmando a ligação entre comer fibras e uma redução no risco de câncer de mama.
Os pesquisadores descobriram que tanto fibras solúveis e insolúveis reduzem o risco de câncer de mama, especialmente para as mulheres que consomem mais de 30 gramas por dia.

Isto é útil porque a fibra insolúvel liberta varas estrogênios no intestino, e coloca para fora. Se você está tentando perder peso ou combater o câncer, você precisa de 25 a 35 gramas de fibra por dia, respectivamente.
Evidências de vários estudos sugerem que as mulheres que consumem 30 gramas de fibra por dia tem uma redução significativa de (32%) de câncer de mama. Compare isso com as mulheres que comiam menos de 25 gramas por dia, que só teve uma redução de risco muito mínima de (2%). 
2 - Alho
Alho tem um impacto sobre o ciclo celular, o processo pelo qual uma célula saudável, normal pode tornar-se cancerosa. Aposte em um componente de alho chamado alilo sulfeto, que é encontrado em toda a família da cebola, assim que adicionar alho ou cebola para suas receitas em uma base regular irá ajudar a prevenir o cancro da mama.

3 - Bagas
Mirtilos, amoras, framboesas, morangos e adicione variedade de cor e sabor ao seu plano de nutrição anticâncer. Eles são poderosos, embalados com vitaminas, minerais e antioxidantes que podem ajudar na prevenção do câncer de mama.

4 - Chá verde
Chá verde e chá branco ambos contêm catequinas, extratos que parecem mostrar benefício na prevenção do câncer de mama.

5 - Ômega 3
Ômega 3 é essencial porque seu corpo não produz você só pode obtê-los a partir de alimentos como peixes, sementes, nozes e óleos. No entanto, outro grupo de ácidos graxos essenciais conhecidos como ômega 6 compete com ômega 3.
Quanto mais ômega 6 você absorver, menos ômega 3 pode tomar e vice-versa. Você pode se concentrar em comer mais ômega 3, e limitar a ingestão de ômega 6.
Precisamos de ômega 3 para ajudar a reduzir a inflamação que danifica o tecido saudável e pode incentivar células cancerosas a crescer. Ômega 6 é conhecido por aumentar a inflamação.

É importante saber que há mais de um tipo de ômega 3 (DHA, EPA e ALA), e peixes contêm os dois que são mais eficazes em sua saúde (DHA e EPA).
A melhor maneira de obter mais ômega 3 é comer mais peixe gordo, mas peixe não é a única fonte de ômega 3, então os vegetarianos e quem não come peixe pode escolher fontes, como sementes de chia, linhaça e nozes que contêm ALA.
Tenha em mente que os alimentos integrais são sempre uma escolha melhor do que suplementos, e certifique-se de obter 3-4 porções por semana.

6 - Vegetais crucíferos
Os vegetais crucíferos, como rúcula, brócolis, couve-flor, repolho, couve de bruxelas, couve chinesa e couve são ricos em sulforafano, um dos fitoquímicos primários ou compostos protetores encontrados em plantas que ajudam a prevenir o câncer.
Estudos recentes mostram que o sulforafano pode alvejar seletivamente e matar células cancerosas, deixando as células normais e inalteradas.